Palmeiras x Atlético (MG) - 2/11/2020
Gustavo Gómez domina a bola e é acossado pelo atleticano Marrony – Cesar Greco

 

 

Confira abaixo como o Jogada 10 analisou as performances dos jogadores do Atlético-MG na tarde desta segunda-feira, no Allianz Parque, contra o Palmeiras, pela Série A do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras venceu por 3 a 0.

 

EVERSON –  Não teve muita culpa nos gols do Palmeiras, chegou a fazer algumas defesas durante a partida, mas a parte defensiva do time prejudicou a sua atuação. NOTA 4,5

 

GUGA – O jovem não foi muito eficaz nas jogadas de ataque e cedeu espaços para o ataque adversário  NOTA 4,0

 

RÉVER – Não passou segurança durante o jogo e esteve perdido no meio dos atacantes do Palmeiras  – NOTA 4,0

 

JÚNIOR ALONSO – Foi melhor que seu companheiro mas também não conseguiu interromper o setor ofensivo do Palmeiras –  NOTA 4,5

 

GUILHERME ARANA – Deixou alguns espaços na defesa. Mas participou bastante das jogadas ofensivas, principalmente no segundo tempo – NOTA 5,0

 

JAIR – Não fez uma boa partida, errou muitos passes e foi substituído por Franco.   – NOTA 4,0

 

ALLAN – Errou alguns passes e teve uma atuação apagada  – NOTA 4,0

 

NATHAN  – Não conseguiu criar muitas jogadas, não jogou bem. Corretamente substituído no segundo tempo– NOTA 4,0

 

ZARACHO – Participou muito pouco do jogo e esteve sempre bem marcado pela defesa palmeirense. Foi o primeiro jogador a ser substituído e o time melhorou um pouco após sua saída. NOTA 4,5

 

SAVARINO – Foi bem incisivo nas jogadas de ataque, lutou mas não teve muita eficiência  – NOTA 5,0

 

MARRONY – Lutou bastante no ataque mas sem muita eficácia. No segundo tempo cedeu espaço a Eduardo Sasha  – NOTA 4,5

 

MARQUINHOS – Entrou no lugar de Zaracho no segundo tempo, melhorou um pouco a parte ofensiva do time mas errou o passe que resultou no segundo gol do Palmeiras – NOTA 4,0

 

FRANCO – Substituiu Jair, mas não conseguiu mudar as saídas de bola do time – NOTA 5,0

 

EDUARDO SASHA– Entrou na etapa final mas não conseguiu levar perigo a defesa do Palmeiros – NOTA 5,0

 

CALEBE – Entrou bem na segunda etapa e fez sua estreia pelo time profissional do Atlético-MG – 5,0

 

 

TEC: JORGE SAMPAOLI – Muito explosivo e participativo durante todo o jogo. Melhorou um pouco o time quando optou em colocar o atacante Marquinhos no lugar de Zaracho. Mas levou um cartão amarelo que o tirou da partida contra o Flamengo na próxima rodada do Brasileirão. – NOTA  4,5

 

Comentários