Com o seu time reserva e uma escalação bem diferente da tradicional, o Flamengo estreou com derrota no Grupo A da Libertadores-2023. Abriu o placar num golaço de Matheus França, no primeiro tempo. Mas fez um segundo tempo sofrível. Assim, levou a virada do campeão equatoriano Aucas (estreante na competição) por 2 a 1, no Estádio Gonzalo Pozo (La Caldera), na altitude de Quito. Castillo e Ordónez fizeram os gols dos donos da casa.

Veja aqui as atuações do Flamengo contra o Aucas

Marinho não consegue sair da marcação do Aucas. Flamengo estreia com derrota na Libertadores  – Divulgação / S. D. Aucas

Veja aqui a tabela de classificação da Libertadores

Ñublense e Racing, que jogam nesta quarta-feira, completam o grupo. O próximo jogo do Flamengo será no dia 19/4 no Maracanã, contra os chilenos do Ñublense. Mas o Aucas jogará no dia 20/4, contra o Racing, na Argentina.

Primeiro tempo teve golaço do Flamengo

O Flamengo entrou muito alterado, com titulares no banco  e esquema 3-5-2. Além disso, Filipe Luís jogou na zaga e Marinho de ala pela esquerda. O Rubro-Negro puxou alguns ataques, mas nos primeiros 30 minutos pouco assustou, exceto em lances de Gabi, de 9, mas sem conseguir finalizar. O Aucas, mesmo inferior tecnicamente e usando um esquema 5-3-2, era perigoso principalmente nos avanços do lateral Perlaza. Assim, criou as duas melhores chances. A primeira numa falta cobrada por Otero (ex-Atlético-MG) pela esquerda.  E um chute de Quiñónez. Em ambas o goleiro Santos defendeu bem.

Contudo, aos 38, uma  jogada individual de Matheus França colocou o Flamengo na frente. O garoto pegou na intermediária, tirou dois marcadores, entrou na área e, bateu rasteiro sem chance para o goleiro Galíndez. Isso antes que o zagueiro David abafasse a jogada. Enfim o Rubro-Negro fazia 1 a 0.

Flamengo não joga nada no segundo tempo

A chuva apertou muito e o Flamengo não voltou bem. Nos primeiros dez minutos, levou sufoco. Pablo (numa antecipação) e Santos (em cabeçada de Quiñónez) salvaram. Mas, aos 12, Everton Ribeiro errou um passe e a bola foi até Castillo, que avançou pela esquerda e chutou da entrada da área.

Somente aí Vitor Pereira fez alterações (tripla) colocando Gerson, Varela e Ayrton Lucas. Mas o time seguiu sonolento. Numa falha de Pablo e Rodrigo Caio, que pararam no lance e deixaram Castillo passar pelo meio dos dois e entrar na área, o Aucas marcou. Porém, anulado pelo VAR por falta no início da jogada. Somente aí o Fla equilibrou o jogo. Mas chance mesmo apenas aos 37, quando Gerson cruzou para cabeçada de Gabi – e boa defesa de Galíndez. Com a defesa falhando, veio a virada. Cuero lançou Ordónez nas costas de Rodrigo Caio. Para piorar, Santos saiu vendido e foi encoberto. 2 a 1.  O Mengo quase empatou em lances de Gabigol. Mas sem sucesso. Estreia decepcionante na Libertadores. Pode até falar que a chuva e a altitude prejudicaram. Mas a verdade é que o segundo tempo foi de lascar.

AUCAS/EQU 2X1 FLAMENGO

Libertadores-2023 – 1ª rodada do Grupo A
Data: 5/4/2023
Local: Estádio Gonzalo Pozo Ripalda, Quito (EQU)
AUCAS: Hernán Galíndez; Perlaza (Cano, aos 37′ do 2ºT), David, Quiñónez, Cangá e Carlos Cuero; Edison Caicedo (MIna, aos 29′ do 2ºT), Vega (Carcelén, aos 29′ do 2ºT)  e Otero; Erick Castillo (Rezabala, aos 37′ do 2ºT)e Cifuentes (Ordóñez, aos 17′ do 2ºT). Técnico: César Farías
FLAMENGO: Santos; Pablo, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Wesley (Varela, aos 15′ do 2ºT), Vidal (Gerson, aos 15′ do 2ºT), Vitor Hugo, Everton Ribeiro (Pedro, aos 34′ do 2ºT) e Marinho (Ayrton Lucas, aos 15′ do 2ºT);  Matheus França (Cebolinha, aos 38′ do 2ºT) e Gabigol. Técnico: Vítor Pereira
Gols: Matheus França, aos 28′ do 1ºT (0-1); Castillo, aos 12′ do 2ºT (1-1); Ordónez, aos 39′ do 2ºT (2-1)
Árbitro: José Argote (VEN)
Auxiliares: Lubin Torrealba (VEN) e Freiker Colmenares (VEN)
VAR: Nicolas Gallo (COL)
Cartões amarelos: Cangá, Castillo (AUC); Pablo, Vidal, Wesley (FLA)
Cartões vermelhos: –

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Comentários