Em duelo  marcado por uma briga na torcida que gerou interrupção de mais de 20 minutois no segundo tempo, o Wolverhampton venceu o West Brom, na casa do rival, o The Hawthorns, por 2 a 0. O português Pedro Neto e o brasileiro Matheus Cunha fizeram os gols que garantiram a classificação do Wolves para as oitavas de final da Copa da Inglaterra.

Veja aqui a tabela de jogos da Copa da Inglaterra

Briga de torcidas no jogo entre Wolverhampton e West Brom
Policias e seguranças tentam conter o distúrbio no estádio de West Brom – Foto: Darren Staples AFP via Getty Images

O jogo já era considerado de alto risco em razão da grande rivalidade entre as torcidas (este é um clássico local, o  Dérbi do Black Country) e os times não se enfrentavam com torcida mista há 12 anos. A tensão já era grande no entorno do estádio. Mas a briga feia rolou no setor atrás de um dos gols assim que Matheus Cunha fez o segundo tento dos visitantes. Depois que o policiamento chegou e os médicos deram o OK após tratar alguns feridos, o clássico recomeçou, sem mais gols.

Wolverhampton superior

O West Brom (que é da Segundona inglesa) teve mais finalizações na partida (10 a 7), mas foi o Wolverhampton, que tem uma equipe muito mais qualificada, que teve a posse (54%) e contou com a eficácia nos  arremates. Abriu o placar aos 38 do primeiro tempo,  com Pedro Neto concluindo assistência do lateral Doherty. Ampliou com Matheus Cunha, aos 32 minutos, aproveitando um lançamento do zagueiro Kilman. Aí veio a confusão, exatamente atrás do gol vazado por Matheus Cunha. Após os minutos de paralisação, o jogo voltou. O Wolves quase ampliou, com Mattheus Cunha. Mas, desta vez, Griffiths salvou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Comentários