Em meio aos transtornos que vivem os clubes gaúchos por conta das enchentes que assolam o Rio Grande do Sul, o Coritiba fez contato com a diretoria do Grêmio para disponibilizar o Couto Pereira para as partidas da equipe tricolor como mandante na fase de grupos da Libertadores.

Além disso, o Coxa colocou à disposição o CT da Graciosa para os treinamentos. Assim, a tendência é a de que o time de Renato Gaúcho enfrente The Strongest, dia 29, e Estudiantes, em 8 de junho, no Alto da Glória. Os jogos sofreram alteração de data por parte da Conmebol em razão da tragédia climática que também vitimou Porto Alegre.

Estádio Couto Pereira deve receber duas partidas do Grêmio na fase de grupos da Libertadores – Foto: JP Pacheco/Coritiba

Carlos Amodeo, CEO do Coritiba, foi o responsável por formalizar o convite. Ele acumula passagem de cinco anos, entre 2017 e 2022, no Grêmio, onde vivenciou a conquista da Libertadores-2017 diante do Lanús, da Argentina.

Nesta terça-feira, a cúpula tricolor definiu que o interior de São Paulo será a sede para a retomada das atividades, mais precisamente o CT do Red Bull Bragantino na cidade de Atibaia. Por outro lado, as partidas que marcarão o retorno ao calendário brasileiro ocorrerão no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Comentários