Não é só Mbappé que o Real Madrid está de olho no elenco do PSG. Segundo o jornal “Mundo Deportivo”, os Merengues querem reforçar o setor defensivo e buscam a contratação do lateral Achraf Hakimi, revelado justamente pelo clube espanhol.

Carlo Ancelotti já deu o aval para o Real Madrid buscar o jogador, de 25 anos. Hakimi tem contrato até junho de 2026 e, com isso, a diretoria merengue deve aguardar o próximo ano para buscar a contratação do lateral, uma vez que ele entraria em seu último ano de vínculo com o PSG. Assim, forçaria os franceses a vendê-lo, para evitar justamente o que ocorreu com Mbappé, que já tem um acordo com os espanhóis para a próxima temporada e sairá sem custos do Parque dos Príncipes.

Mbappé e Hakimi têm forte laço de amizade – Divulgação / PSG

Seria o reencontro de Hakimi com Mbappé, que têm estreitos laços de amizade, e com o próprio Real Madrid. Na Espanha, o marroquino não teve muitas oportunidades e foi emprestado para o Borussia Dortmund, onde ficou duas temporadas. Em seguida, foi negociado em definitivo com a Inter de Milão. Na Itália, teve grande destaque e, assim, acabou vendido para o PSG.

HAKIMI É DESTAQUE DO PSG

Hakimi é um dos grandes destaques do PSG desde que chegou ao clube. Ao todo, são 105 partidas disputadas, com 13 gols e 17 assistências. Em duas temporadas completas, conquistou por duas vezes o Campeonato Espanhol e a Supercopa da França.

Nas últimas temporadas, o PSG alterou seu planejamento de contratar grandes estrelas do futebol mundial. Jogadores como Messi, Neymar e Sergio Ramos deixaram a capital francesa. Enquanto isso, chegaram nomes menos famosos, como Gonçalo Ramos, Asensio, Kolo Muani e o brasileiro Lucas Beraldo.

Atualmente, o Real Madrid tem em Carvajal o titular na lateral direita. Quando o jogador da seleção espanhola não atua, o técnico Carlo Ancelotti opta por improvisar Lucas Vázquez na posição. Nacho também pode atuar no setor, mas ele vem jogando como zagueiro, já que Alaba e Militão estão lesionados.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Comentários