O atacante Dudu, um dos maiores ídolos da história do Palmeiras, vive uma situação delicada nos bastidores do clube. Desde a sua não transferência ao Cruzeiro, o prestígio parece ter encerrado entre comissão técnica, diretoria e até mesmo parte da torcida, que ainda não digeriu tudo o que aconteceu.

Anteriormente, o jogador era aguardado pelo torcedor, pois acreditavam que o retorno do camisa 7 seria um ganho técnico para a sequência da temporada, principalmente, no que diz respeito a Libertadores da América.

Transferência Dudu
Atualmente, o atacante amarga o banco de reservas dentro do Palmeiras – Foto: Cesar Greco / Palmeiras

Contudo, o acerto verbal com o Cruzeiro e uma possível saída pela porta dos fundos, abalaram a sua imagem internamente. Sendo assim, mesmo com a sua presença entre os relacionados, ver Dudu em campo é algo raro.

Desde a sua liberação pelo departamento médico, Dudu foi relacionado em sete jogos por Abel Ferreira. Em três, ele saiu do banco e foi ao gramado. Porém, não conseguiu somar 30 minutos em cada confronto.

Dudu isolado e moeda de troca

Diante do cenário apresentado acima, Dudu vê a diretoria projetar a sua transferência. Nesta semana, ele foi colocado como moeda de troca em negociação com Gabigol. O camisa 7 bateu o pé e não quis jogar pelo Flamengo.

Enquanto não sabe o que irá acontecer com a sua passagem no Palmeiras, Dudu vive uma realidade de isolamento. A ideia da diretoria é deixar o jogador escanteado e tentar uma nova saída nas próximas semanas. Caso não tenha êxito, uma nova tentativa de negociar o camisa 7 será executada ao término na temporada.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Comentários