Lelê chegou ao Fluminense em abril deste ano e ainda não conseguiu dar conta do recado. O atacante atraiu olhares dos dirigentes tricolores depois de se destacar no Campeonato Carioca. O atacante tem contrato por empréstimo no clube até dezembro de 2023, mas deve permanecer nas Laranjeiras por mais tempo.

Situação de Lelê no Fluminense

No Volta Redonda, Lelê foi uma das revelações do Campeonato Carioca. No entanto, ele não conseguiu repetir,  no Fluminense, as boas atuações. Apesar do começo conturbado, Fernando Diniz confia na evolução do atacante. Portanto, os dirigentes tricolores pretendem comprá-lo em definitivo.

O atacante pertence ao Itaboraí Profute e custa R$4 milhões. O jogador recebeu propostas da Arábia Saudita e do Japão nos últimos meses, mas deve permanecer nas Laranjeiras. A expectativa é que ele cresça de produção depois de uma pré-temporada e consiga ser importante para equipe tricolor em 2024.

Lelê ainda não conseguiu vingar no Fluminense
Lelê ainda não conseguiu vingar no Fluminense – Foto: Mailson Santana/Fluminense

Aposta de Fernando Diniz

Com Fernando Diniz, muitos jogadores tricolores cresceram de produção em 2023. No entanto, isso não aconteceu com Lelê. O atacante foi uma das surpresas negativas da temporada e acabou sendo alvo de cobranças da torcida nos últimos meses. O técnico, por outro lado, sempre foi um admirador do futebol do jogador e ainda acredita que possa recuperá-lo.

“Lelê tem capacidade de sustentar um jogo físico muito grande, é um jogador de velocidade e de finalização. Acho que a aquisição do Lelê vai nos ajudar muito”, disse Fernando Diniz em abril deste ano.

LEIA MAIS: Diniz enaltece chegada de Renato Augusto ao Fluminense: ‘Muito talentoso’

Com 37 jogos disputados e dois gols marcados, Lelê ainda não conseguiu se destacar no Fluminense. O atacante disputou apenas nove partidas como titular e sequer foi relacionado para disputa do Mundial de Clubes. O jogador não encantou em 2023, mas está nos planos do clube para 2024.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

 

 

Comentários