Após a derrota para o Cruzeiro, o Fluminense despencou de vez na classificação do Campeonato Brasileiro e assumiu a lanterna após dez rodadas. Assim, o clube carioca tem seu pior início de campanha da história dos pontos corridos, igualando o número de pontos e posição de 2008, porém com um saldo inferior.

Além disso, o Tricolor volta a figurar na última posição da tabela pela primeira vez em quase 15 anos. Afinal, com o triunfo do Vitória por 4 a 2 sobre o Atlético-MG, no Barradão, os comandados de Fernando Diniz assumiram de vez a incômoda posição. Dessa forma, a última vez em que isso ocorreu na história foi em 2009, após a 32ª rodada daquela edição.

Fluminense não consegue engrenar no Campeonato Brasileiro e está na lanterna – Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense

Naquela ocasião, aliás, o Fluminense goleou o Vitória por 4 a 0 na 37ª rodada e confirmou a permanência, que parecia improvável, na elite do futebol brasileiro com o empate por 1 a 1 com o Coritiba, no Couto Pereira.

Situação amarga e complicada

Na atual temporada, a equipe carioca está invicta nas Copas Libertadores e do Brasil, porém não consegue engrenar no Brasileirão. Nesse sentido, as três derrotas consecutivas para Botafogo, Atlético-GO e Cruzeiro fizeram a pressão sobre Fernando Diniz triplicar, com pichação em Laranjeiras e xingamentos e pedidos de demissão nos estádios.

Em 2008, o Tricolor também tinha 1 vitória, 3 empates e 6 derrotas e estava na lanterna. Contudo, tinha saldo negativo de -4, enquanto agora tem -8. Outro ponto que chama a atenção é que o clube tem a sua pior defesa na história dos pontos corridos, com 18 gols sofridos, um a mais que em 2019, com a mesma quantidade de rodadas.

Por fim, o Fluminense volta a campo no próximo domingo (23), às 16h (de Brasília), para medir forças com o Flamengo, no Maracanã. Com a turbulência, uma atuação negativa diante do arquirrival pode deixar o clima insustentável para Fernando Diniz em meio aos protestos da torcida e a última colocação do campeonato.

Confira o início das campanha do Fluminense no Brasileirão (dez rodadas)

2003 – 15 pontos (10ª posição) – 3 vitórias, 4 empates e 3 derrotas
2004 – 14 pontos (11ª posição) – 3 vitórias, 5 empates e 2 derrota
2005 – 20 pontos (2ª posição) – 6 vitórias, 2 empates e 2 derrota
2006 – 19 pontos (4ª posição) – 6 vitórias, 1 empate e 3 derrota
2007 – 14 pontos (10ª posição)  – 3 vitórias, 5 empates e 2 derrotas
2008 – 6 pontos (20ª posição) – 1 vitória, 3 empates e 6 derrotas – saldo: -4
2009 – 10 pontos (18ª posição) – 2 vitórias, 4 empates e 4 derrotas
2010 – 22 pontos (1ª posição) – 7 vitórias, 1 empates e 2 derrotas
2011 – 12 pontos (13ª posição) – 4 vitórias, 0 empate e 6 derrotas
2012 – 22 pontos (3ª posição) – 6 vitórias, 4 empates e 0 derrota
2013 – 12 pontos (14ª posição) – 4 vitórias, 0 empate e 6 derrotas
2014 – 16 pontos (6ª posição)  – 5 vitórias, 1 empate e 4 derrotas
2015 – 20 pontos (3ª posição)  – 6 vitórias, 2 empates e 2 derrotas
2016 – 13 pontos (13ª posição)  – 3 vitórias, 4 empates e 3 derrota
2017 – 15 pontos (8ª posição) – 4 vitórias, 3 empates e 3 derrotas
2018 – 14 pontos (10ª posição) – 4 vitórias, 2 empates e 4 derrotas
2019 – 9 pontos  (15ª posição) – 2 vitórias, 3 empates e 5 derrotas
2020 – 14 pontos  (10ª posição) – 4 vitórias, 2 empates e 4 derrotas
2021 – 14 pontos (12ª posição) – 3 vitórias, 5 empates e 2 derrotas
2022 – 14 pontos (8ª posição) – 4 vitórias, 2 empates e 4 derrotas
2023 – 17 pontos (5ª posição) – 5 vitórias, 2 empates e 3 derrotas
2024 – 6 pontos (20ª posição) – 1 vitória, 3 empates e 6 derrotas – saldo: -8
Fonte: O Gol
Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Comentários