O atacante Gabigol enfim se pronunciou após a polêmica foto vazada com a camisa do Corinthians. Em postagem nas redes sociais, o atacante do Flamengo não comentou sobre o caso, mas aceitou a punição da diretoria rubro-negra.

Nesta sexta-feira, o Flamengo anunciou que multou Gabigol pelo episódio e que o atacante não vestirá mais a camisa 10. A medida, porém, vale somente para competições possíveis de alteração da numeração.

Gabigol em ação contra o Bolívar, seu último jogo com a camisa 10 antes da polêmica – Foto: Pablo Porciuncula/AFP via Getty Images

Gabigol se reuniu com amigos, dentre eles alguns funcionários do Flamengo, na última quinta-feira, em sua casa. Em dia de folga para o elenco, aliás, o jogador rubro-negro utilizou a nova segunda camisa do Corinthians. Por meio de sua assessoria de imprensa, porém, o atleta negou que tal foto fosse verdadeira.

Veja a nota de Gabigol

“Naquele dia 12/11 de 2022, depois de ter sentido as maiores emoções da minha vida com as glórias e expressivas conquistas pelo Flamengo, o clube me presenteou com uma camisa muito especial, a 10, simplesmente o manto usado por nosso maior ídolo, o Zico.

Confesso que senti uma certa insegurança, pois junto com aquela camisa, vinha também um grande peso de responsabilidade.

No Flamengo, encontrei minha melhor versão e vivo o melhor ciclo da minha carreira. Sou fascinado por titulos e sempre expressei isso no excesso de vontade dentro de campo, que muitas vezes é interpretado de forma errada.

O Flamengo me proporcionou ganhar muitos títulos (2 Libertadores, 2 Brasileiros, 1 Copa do Brasil, 1 Recopa Sul-americana, 2 Supercopas do Brasil e 4 Cariocas) e viver esses momentos mágicos com a nação e ser acolhido pela maior torcida da América, isso sim é o verdadeiro significado da palavra felicidade.

Nesses mais de 5 anos de alegrias e algumas tristezas, sempre tive uma certeza, a do meu amor por esse clube, a do amor pela nação rubro-negra.

Hoje fui comunicado pelos diretores do Flamengo que não vestirei mais a 10. Cabe a mim aceitar e respeitar o comando do clube. Mas isso jamais vai apagar a história que construí com meus companheiros de equipe. Aceito a próxima camisa e vou dar a vida em campo pelo Mengão até o fim da nossa história.

Te amo, Flamengo!”

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Comentários