Homem de confiança de Odair Hellmann, Nenê também pode ser chamado de amuleto. Pelo menos em relação à última sequência positiva do Fluminense no Brasileirão. O meia de 39 anos, que retorna à equipe após lesão muscular, não esteve em campo nas últimas duas derrotas na competição.

Nenê está recuperado de lesão muscular – LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Antes de perder para o Grêmio por 1 a 0 no Maracanã, o Fluminense vinha de oito rodadas invicto no Brasileirão. A última derrota fora em setembro, para o Sport, pelo mesmo placar. Assim como no jogo contra os gaúchos, Nenê não atuou contra os pernambucanos.

Entretanto, o meia esteve em campo na eliminação da Copa do Brasil para o Atlético-GO, quando o Tricolor perdeu por 3 a 1. Esse jogo foi o último revés antes da sequência invicta.

Nenê está recuperado de lesão na coxa esquerda. Ele não atuou nos últimos dois jogos do Fluminense pelo Brasileirão (Fortaleza e Grêmio). Durante a semana participou dos treinos com o grupo e dependerá apenas de Odair Hellmann para enfrentar o Palmeiras neste sábado, às 21h30.

Assim como o meia, Fernando Pacheco se recuperou de lesão na coxa direita e também votlará a ser opção.

Comentários