Líder das Eliminatórias sul-americanas com seis pontos em dois jogos (5 a 0 na Bolívia e 4 a 2 no Peru), A Seleção Brasileira enfrenta a Venezuela nesta sexta-feira, no Morumbi, pela terceira rodada da competição, O time de Tite é favorito diante de um rival que perdeu seus dois jogos e está dividindo a lanterna com a Bolívia (Colômbia 3 a 0  e Paraguai 1 a 0).

Treino da Seleção Brasileira 09/11/2020
Jogadores da Seleção  treinam na Granja Comary para o jogo com a Venezuela –  Lucas Figueiredo/CBF

 

Onde assistir

O duelo terá transmissão do SporTV (pré-jogo a partir das 20h30) e TV Globo (para todo o país  a partir de 21h30)

Como está o Brasil

Tite teve de desconvocar seis jogadores: Philippe Coutinho (Barcelona/ESP),  Fabinho  (Liverpool/ING) e  Rodrigo Caio (Flamengo), lesionados; Militão e  Casemiro (ambos do Real Madrid/ESP) e Gabriel Menino (Palmeiras), os três com COVID-19. Menino, foi o único que chegou a se apresentar e treinar na Granja Comary, sendo o último cortado, nesta quinta-feira.

Com isso, Lucas Paquetá e Bruno Guimarães  (ambos do Lyon/FRA) Felipe (Atlético de Madrid/ESP) e Diego Carlos  (Sevilla/ESP) foram chamados. Neymar (PSG/FRA) sofreu lesão na coxa esquerda e está vetado para o jogo de hoje. Por isso, Tite convocou um jogador a mais, Pedro (Flamengo).

No treino desta quarta-feira Tite montou um time titular  e nesta quinta-feira confirmou que ele será o titular. As novidades: Éderson no gol, Allan de volante e Everton Ribeiro na criação.

Como está a Venezuela

O grupo venezuelano treinou nos últimos dias no CT do Palmeiras e apenas nesta quinta-feira reconheceu o gramado do Morumbi. A maior novidade no time do treinador José Peseiro é a presença de seu principal jogador, Rondón. O atacante não foi liberado pelo seu time, Dalian/CHN, para as partidas das duas primeiras rodadas. O zagueiro Osorio que defende o Parma (ITA) e também ausente nas duas partidas anteriores, é outra presença certa. Há grande possibilidade de três dos quatro jogadores que atuam no futebol brasileiro entrem desde o início: Otero, Savarino e Soteldo.

 

BRASIL X VENEZUELA

 BRASIL:  Éderson (Manchester City/ING); Danilo (Juventus/ITA), Thiago Silva (Chelsea/ING), Marquinhos (PSG/FRA) e Renan Lodi (Atlético de Madrid/ESP); Allan (Everton/ING) e Douglas Luiz (Aston Villa/ING);  Everton Ribeiro (Flamengo), Roberto Firmino (Liverpool/ING) e Gabriel Jesus (Manchester City/ING); Richarlison (Everton/ING). Técnico: Tite.

 VENEZUELA: Fariñez (Lens/FRA); Feltscher (L.A.Galaxy/EUA), Chancellor (Brescia/ITA) Osorio (Parma/ITA) e Rosales (Leganés/ESP); Herrera (Granada/ESP) e Rincón (Torino/ITA); Casseres (NY Red Bull/EUA) ou Otero (Corinthians/BRA), Savarino (Atlético-MG/BRA) e Soteldo (Santos/BRA); Rondón (Dalian/CHN) . Técnico:  José Peseiro.
Árbitro: Juan Benítez (Fifa-PAR)
Auxiliares: Eduardo Cardozo e ilcíades Sadivarb(PAR)
VAR: Eber Aquino (PR)

 

 

Comentários