Emprestado ao  RWD Molenbeek até 30 de junho, o atacante Segovinha pode pintar no Botafogo antes da previsão inicial. Com o rebaixamento do time belga para a Segunda Divisão e o fim da liga daquele país, o paraguaio afirmou a compatriotas que está com as malas prontas para retornar ao Rio de Janeiro.

Segovinha vestirá novamente a camisa do Alvinegro? – Foto: Vitor Silva/Botafogo

“Volto para o Botafogo agora, terminou o campeonato e tenho que voltar para o Brasil, vamos ver o que vão falar. Para mim, foi uma experiência muito boa jogar na Europa. Agora, volto para o Botafogo, mas espero em algum momento voltar à Europa para mostrar mais o meu futebol”, disse o atacante guarani.

Segovinha fez escala em Paris, onde concedeu entrevista à “TV Unión”, do Paraguai. De lá, deve seguir para o Brasil. No entanto, só poderia voltar a atuar pelo Botafogo na reabertura da janela internacional, ou seja, no dia 10 de julho. Antes deste período, o atacante ficaria à disposição do técnico Aertur Jorge, portanto, somente para treinamentos.

Na Bélgica, pelo clube que também pertence ao sócio majoritário da SAF do Botafogo, John Textor, Segovinha somou sete jogos e uma assistência. Assim como no Glorioso, não marcou nenhum gol. Entretanto, nas duas últimas partidas do campeonato local, foi titular.

Além do Botafogo, o atacante pensa, também, em defender a seleção paraguaia nas Olimpíadas de Paris, no segundo semestre deste ano.

“Estou esperando ser chamado porque, para mim, vai ser um orgulho”, aguarda o atacante.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Comentários